Galante

tumblr_ltupghYKJy1qgqcy5o1_500

Oh meu doce galante, 
Seu cortejo me alegras muito, 
Apesar de todos os contras… 
As pessoas falam demais 
E sua estampa por ai exposta, 
Não é das mais finas. 
Me falam sobre homens 
Com muitas habilidades com as mão. 
Os ferreiros e forjam belas espadas, 
Os padeiros que preparam deliciosas massas, 
Os oradores que declamam jubilosos discursos… 
Nem mesmo o rei com toda a sua pompa 
Poderia chegar aos pés de tu, oh meu lorde. 
Como se não bastasse sua beleza que agrada aos olhos, 
Ainda tive o prazer de conhecer o dom de suas mãos. 
Todos recomendariam-me afastar-me de sua presença, 
Mas sua mácula já se espalha em minhas veias como febre, 
E tudo nos leva a uma delicada valsa, 
Quando descubro, 
Que nossos gostos se completam, 
E ao responder sua côrte, 
Poderemos juntos, 
Sangrar os pescoços alheios, 
Arrancar seus corações, 
E preparar suas carnes e músculos, 
Para um banquete. 
Meu doce assassino, 
Não daremos nós atenção aos burburinhos, 
Juntos, vamos nos divertir 
Ao matar esses bufões, 
E a noite admirar as estrelas, 
E o sorrir da lua minguante 
Para o nosso travesso dom. 

juhliana_lopes 13-01-2014

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s