Assim

acordar

Era um dia assim,

Mais um assim.

Era um dia qualquer,

Outro qualquer.

Eu não dormi,

Não sonhei,

Não descansei.

Não sei se voltei,

Não me lembro de nada,

Não sei quem eu sou.

Sinto paz,

Aquela paz.

Sinto dor,

Talvez seja amor,

Mas eu não me lembro.

Aquela sensação de que nada acontece,

Aquela impressão de que nada vai acontecer,

Aquela lembrança de que nada aconteceu.

Assim, qualquer paz, dor e amor.

Acho que tenho que levantar,

Mas não me lembro de ter deitado.

Talvez seja só… o fim. 

 

juhliana_lopes 30-05-2014

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s